Raimundo Cardoso
Raimundo Mendes Cardoso, O Cardoso. Ele foi o maior representante político na localidade do Riacho das Flores. Candidatou-se duas vezes a vereador pela comunidade do Riacho. Na primeira vez conseguiu 236 votos, e assumiu por dois meses, no lugar do vereador Valmir Soares, afastado pelo então prefeito José Aguiar Filho, o Zezão; e na segunda vez em que se candidatou, obteve 192 votos.  Mesmo sem jamais ter sido eleito, Cardoso nunca deixou de trabalhar pela sua comunidade e pelo seu povo. Além disso, era um desportista, um apreciador do futebol. Quem não lembra do Campo do Cardoso,  em frente à casa dele? (Hoje, nele,  existe o Posto de Saúde de Riacho das Flores) Ali, jogaram os melhores atletas do Riacho, os melhores times daquela comunidade. E da Bodega do Cardoso, quando, nos dias de domingo em que havia futebol, ficava lotada? Quem não lembra do Cardoso com seu famoso chapéu de massa inclinado na cabeça? 
No entanto, Cardoso foi muito mais que  isso, foi um homem que, enquanto teve saúde, dedicou-se à nossa comunidade.

Eis alguns dos principais benefícios obtidos pelo Cardoso: fez o Campo do Cardoso; conseguiu, junto às lideranças políticas, a Escola Antônio Carlos de Mesquita e a Escola CERU,o Carro dos Alunos para transporta-los para Reriutaba, entre outros de muitos benefícios.
.
Raimundo Mendes Cardoso nasceu no dia 30 de outubro de 1929, em Riacho das Flores, terra na qual sempre viveu. E faleceu no dia 15 de novembro de 2012. Aos 83 anos.Raimundo Cardoso chega ao fim de sua vida, mas leva a certeza de que fez de tudo para cumprir com a sua missão, e escreveu sua história nas páginas do Riacho das Flores. Deixou a esposa, Dona Nena, e quatro filhos: Francisca Maria, Célia, Francisco das Chagas (o Chaga do Cardoso) e Eriberto. Cardoso ainda tinha a neta Nayara como filha, da qual cuidou da infância até ela tornar-se jovem, quando foi para o Rio morar com a mãe.
Texto de João Felix.


Voltar